terça-feira, 11 de agosto de 2009

Detalhamento do 3º Estudo do Mês de Agosto

CICLO DE ESTUDOS DO MÊS DE AGOSTO - TEMA: Vida e Sexo
3º Estudo do Ciclo IV:

TEMA DO CICLO: Vida e Sexo

TEMA ESPECÍFICO DO ESTUDO: Aborto

MÊS: Agosto

DATA: 15 de Agosto de 2009

ORADOR(A): Mariângela

ABORDAGEM:

Recomendações gerais:

  • Todos os nossos Detalhamentos (perguntas, citações, indicações de páginas, etc.) estão baseados na 1ª edição do livro Vida e Sexo. Portanto, se o (a) leitor (a) consultar outras edições, haverá diferenças na indicação das páginas.

  • Esse Detalhamento possui algumas questões suscitadas pela leitura de outras obras.

  • Objetivo geral do estudo: O enfoque desse estudo é o aborto segundo a Doutrina Espírita. Os diversos tipos de aborto. As causas e as conseqüências do aborto delituoso. A consolação que o Espiritismo oferece aos Espíritos que direta ou indiretamente participaram do ato abortivo.

Capítulo 17 – Aborto: (Livro Vida e Sexo – Emmanuel)

  • É considerado a interrupção em qual período de gestação? (p.63)

  • Enfatize o sentido da frase: “De todos os institutos sociais existentes na Terra, a família é o mais importante, do ponto de vista dos alicerces morais que regem a vida.” (p.64)

  • Com semelhantes notas, objetivamos tão-só destacar a expressão calamitosa do aborto criminoso, praticado exclusivamente pela fuga ao dever.” (p.65). A partir dessa frase, perguntamos: E o aborto que não é “praticado exclusivamente pela fuga ao dever”? É considerado criminoso? Referimo-nos aos abortos nos casos de: estupro (violência sexual); risco de vida da mãe (aborto terapêutico); ausência de condições financeiras / psicológicas / etc. da mãe ou do casal para sustentar o futuro ser humano; aborto espontâneo; gestação de bebê anencéfalo; etc.?

  • Fale-nos sobre as conseqüências do aborto delituoso: “um dos grandes fornecedores das moléstias de etiologia obscura e das obsessões catalogáveis na patologia da mente, ocupando vastos departamentos de hospitais e prisões” (p.66).

Questões suscitadas por outros livros:

  • No livro Leis de Amor, Emmanuel responde: “O aborto provocado, mesmo diante de regulamentos humanos que o permitem, é um crime perante as Leis de Deus”. A partir dessa proposição, gostaríamos de uma análise acerca da Justiça Divina, tendo em vista a cultura (regulamentos humanos, leis) na qual a pessoa está inserida. Como atua a Justiça Divina, sendo as leis humanas divergentes a ela?

  • Quais as conseqüências (biológicas; psicológicas; perispirituais e conscienciais) do aborto delituoso para a mãe? E para os outros espíritos vinculados ao aborto (o parceiro-cúmplice da mulher; os familiares intolerantes; os agentes físicos do ato abortivo: médicos, enfermeiras e equipe médica; etc.)?

  • Quais as conseqüências para o espírito reencarnante que sofreu o aborto? Para onde são conduzidos os bebês desencarnados pelo aborto?

  • Analise os vários fatores que desembocam na solução do aborto criminoso: os fatores sociais; os fatores econômicos; os fatores cármicos (referência: livro Sexo – sublime tesouro – Cap. 14 – Itens 14.1; 14.2 e 14.3).

  • Eurípedes Kühl no livro Sexo: sublime tesouro comenta que o “Planejamento Familiar” é um dos fatores (no caso, econômico) que contribui para o aborto criminoso. Diante disso, analise os dois aspectos presentes nos programas de controle de natalidade: por um lado, esses programas evitam o aborto porque incentivam o uso de métodos contraceptivos (preservativos; pílulas anticoncepcionais; etc.); entretanto, por outro lado, esses programas também podem promover uma apologia do aborto sob o pretexto de controle de natalidade, nos casos, por exemplo, de família numerosa ou de países extremamente populosos.

  • Analise as seguintes alegações para a rejeição da gravidez: Adolescência (imaturidade); Inconveniência (inoportunidade); Doença transmissível e/ou debilitante (o reencarnante parece fadado a receber dos pais doença de difícil reversão); Preservação do emprego ou carreira profissional em ascensão; O filho evidenciará / revelará um adultério. (Capítulo III “Alegações para rejeição da gravidez” do livro O que dizem os Espíritos sobre o Aborto).

  • Comente o aborto “eugênico” ou “piedoso” (Capítulo VIII “Aborto ‘eugênico’ ou ‘piedoso’ do livro O que dizem os Espíritos sobre o Aborto).

  • Fale-nos da importância da maternidade e da necessidade de estarmos unidos na defesa da vida.

  • Fale-nos sobre a proposta de recuperação e reajuste que o Espiritismo oferece aos Espíritos que cometeram ou participaram direta ou indiretamente de um aborto. A necessidade de abandonar comportamentos, tais como: o culto ao remorso imobilizador, a culpa autodestrutiva e a ilusória busca de amparo na legislação humana. É preciso renovação da ação comportamental através do trabalho no bem, da prática da caridade e da dedicação ao próximo necessitado (“O amor cobre a multidão de pecados” I Pedro, 4:8). Veja O que dizem os Espíritos sobre o Aborto – Capítulo XIV “Aborto: reabilitação da falta” / a Questão 1000 do Livro dos Espíritos / Capítulo 14 da 2ª parte de Evolução em Dois Mundos (André Luiz) / Questões 336 a 340 de O Consolador (Emmanuel).

  • Fale-nos sobre o Manifesto espírita sobre o aborto e sobre a questão da legalização do aborto no Brasil e no mundo. (Cap. XVII “O que diz a Doutrina Espírita sobre o aborto” do livro O que dizem os espíritos sobre o aborto).

BIBLIOGRAFIA:

  • XAVIER, Francisco Cândido. (Espírito Emmanuel). Vida e Sexo. 1ª edição. 1970. FEB.

  • KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. FEB. Sobre “União da alma e do corpo”: Questões 344 a 360. Veja também Questões 999 e 1000.

  • BARCELOS, Walter. Sexo e evolução. 2ª edição. FEB (Capítulo 19 “Sexo e maternidade” e Capítulo 20 “Aborto e Justiça Divina”).

  • KUHL, Eurípedes. Sexo: Sublime tesouro. 6ª edição. Editora Espírita Fonte Viva. (Capítulo 14 “Aborto”).

  • SOUZA, Juvanir Borges de (Orientador da Compilação). O que dizem os Espíritos sobre o Aborto. 1ª edição. 2001. FEB.

  • XAVIER, Francisco Cândido. (Espírito André Luiz). Evolução em Dois Mundos. 13ª edição. 1993. FEB (2ª Parte – Capítulo 14 “Aborto criminoso”).

  • XAVIER, Francisco Cândido. (Espírito Emmanuel). Leis de Amor. 8ª edição. 1980. Editora FEESSP. (Pergunta número 11).

  • XAVIER, Francisco Cândido. (Espírito Emmanuel). O Consolador. FEB (3ª Parte – Capítulo III “Amor”).

Os outros temas do Ciclo de Estudos:

(As abordagens dos temas são postadas semanalmente no Blog)

  • Data: 01/08/2009 - Tema: Vida a Dois

  • Data: 08/08/2009 – Tema: Família

  • Data: 22/08/2009 - Tema: Homossexualidade

  • Data: 29/08/2009 – Tema: Amor Livre

Abraços Fraternos!

Nenhum comentário: